• (61) 3242-0402 ou 9831-9900

Carcinoma Basocelular

O carcinoma basocelular (CBC) é o câncer mais comum que existe.

 Qual a causa?

A causa mais importante é o excesso de exposição solar; a predisposição genética também é importante, ou seja, se algum familiar próximo teve um CBC, você deve ficar atento.

É mais comum em pessoas de pele e olhos claros, particularmente na cabeça, orelhas e tronco. Geralmente o CBC se parece com um pequeno caroço na pele com alguns vasos sanguíneos ao redor ou com uma ferida, parecida com uma espinha, que nunca cicatriza.

O que fazer na suspeita de um CBC?

O primeiro passo é procurar um dermatologista. Ele irá decidir se é necessária uma biópsia. Biópsia é um procedimento simples, realizado com anestesia local, onde se retira um pequeno pedaço de pele para avaliação.

Se a biópsia indicar CBC qual o próximo passo?

Existem várias formas de tratamento.

  • A mais comum é se realizar uma pequena cirurgia.
  • Outra opção é se “raspar” bem a lesão e depois cauterizar.

Quando indicado, há uma forma de cirurgia, chamada Mohs, onde, ao menos tempo em que se corta o tecido (a pele), se examina ao microscópio. Este é um método que deve ser realizado por dermatologistas/cirurgiões apropriadamente qualificados.

Outras técnicas possíveis são utilização de um medicamento tópico (passar um creme sobre a lesão, o que podem ser utilizadas em circunstâncias específicas.

O CBC é perigoso?Pode se alastrar pelo corpo?

O CBC geralmente não se alastra pelo corpo, não vai para a corrente sanguínea e não dá metástases. Mas é um câncer que pode produzir séria agressão local, pode atingir nervos e é bom lembrar que o câncer não vai embora sozinho, ele continua a crescer.

Após tratado, existe risco de voltar?

A volta (recorrência) do câncer no mesmo local pode ocorrer. Se você teve um CBC, existe 40% de risco de ter outro dentro de 5 anos.